Ao Vivo
 
 
Siga ao vivo

Comunicação

Estef oferece ciclo de estudos sobre a violência: Abordagens interdisciplinares

Estef oferece ciclo de estudos sobre a violência: Abordagens interdisciplinares

Na quinta-feira, 22 de fevereiro, é realizada a primeira palestra do ciclo voltada para o debate sobre a violência. “Queremos estimular o debate, proposto pela Campanha da Fraternidade, que neste ano coloca este tema relevante em discussão. Vamos oferecer um time de professores, mestres e doutores especialistas no assunto que irão abordar temas relevantes para discussão", comenta o diretor da Estef, professor frei José Bernardi.   O diretor do Centro de Espiritualidade Franciscano, frei João Carlos Romanini, comenta que é a primeira ação conjunta do Centro Franciscano e Estef, “queremos somar formas para difundir uma cultura a partir do carisma franciscano da Paz e do Bem e voltada para a ação prática do encontro e da não violência".   O Centro de espiritualidade foi criado no ano de 2017 durante o capitulo provincial, que aprovou o projeto que vai trabalhar nos próximos anos o carisma franciscano para a grande e Porto Alegre. “Queremos abordar vários temas para discussão, ampliando as várias abordagens do carisma, a cultura da paz, do encontro, da fraternidade e ações para uma cultura do encontro”, destaca o Guardião da Fraternidade São Lourenço, Pároco da Igreja Santo Antônio – Partenon, frei Luiz Turra.   O professor Vanildo Zugno, coordenador do projeto, salienta a importância dos temas e dos formatos oferecidos pela Estef. “Serão oferecidos seis manhãs de estudo para análise interdisciplinar do assunto. Queremos como instituições provocar uma reflexão e um olhar franciscano sobre as condições de violência que vivemos na atualidade, partindo da provocação da CNBB com a Campanha da Fraternidade”, explica Zugno.     Programação do Ciclo de Palestras   Dia 22 de fevereiro – 9h - CF 2018: Fraternidade e Superação da Violência - Com o Professor e Mestre. Gilmar Zampieri (ESTEF)   Dia 26 de março – 8 h - O Sacrificialismo e a Sacralização Da Violência - Prof. Dr. Luiz Carlos Susin (ESTEF)   Dia 27 de março – 8h - A Violência na Bíblia - A violência no Antigo Testamento – Prof. Dr. Bruno Glaab (ESTEF) - E A violência no Novo Testamento – Prof. Me. Rita de Cácia Ló (ESTEF)   Dia 28 de março – 8h  - Sexta-Feira Santa: Celebrar a Paz Em Meio à Violência - Prof. Me. Luciano Massullo (ESTEF)   Dia 11 de maio – 8h - As Violências Normalizadas e a Voz Das Vítimas. Uma abordagem filosófica - Prof. Dr. Castor Ruiz (UNISINOS)   Dia 28 de maio – 8h - Caminhos Da Superação da Violência - Juventudes e Violência: Prof. Dr. Maurício Perondi (PUCRS) - Gênero e Violência: Prof. Dr. Andre Musskopf (EST)   As palestras iniciam as 8h e se estendem até as 11h40min.   As inscrições podem ser feitas na Estef, aberto à comunidade. Investimento: R$ 100,00 (inclui o certificado) e a participação em 75% das atividades garante certificado acadêmico. Carga horária: 24h mais informações na secretaria da Estef.  Site  www.estef.edu.br -  e-mail estef@estef.edu.br  - Telefone (51) 3217-4567
Encontro de mídia comunitária, construindo uma comunicação comum

Encontro de mídia comunitária, construindo uma comunicação comum

Na quarta-feira, 21 de fevereiro, a partir das 09h00, na sede da CIESPAL, ocorrerá o "Encontro de Mídia Comunitária, construindo uma comunicação comum", que reunirá representantes de organizações, coletivos, pesquisadores, estudantes para refletir sobre a comunicação comunitária no Equador e sua relevância para o processo de democratização da comunicação no país. Neste evento, os delegados da mídia que fazem parte do Coordenador de Mídia Comunitária, Popular e Educativa do Equador (CORAPE) analisarão a situação que a mídia comunitária no país está passando e irá expor, juntamente com setores sociais e acadêmicos, uma proposta para a possível reforma da Lei Orgânica da Comunicação do Equador (LOC) em benefício do setor.   Esta Reunião também terá a presença de autoridades do Conselho de Regulação e Desenvolvimento de Informação e Comunicação (CORDICOM) que discutirão o progresso de ações afirmativas para a mídia comunitária.   Omar Rincón, jornalista e professor reconhecido por seu trabalho para promover a comunicação popular e comunitária na América Latina, oferecerá um discurso na manhã da reunião. Ele também participará da apresentação do livro 'Por uma Comunicação Comum: mídia comunitária, proximidade e ação', com Professor Mauro Cerbino, juntamente com acadêmicos proeminentes como Susana Sel, Hernán Reyes e o diretor da CIESPAL, Gissela Dávila.   Como parte das atividades, o Dr. Augusto Barrera, diretor da Secretaria de Educação Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (SENESCYT), Juan Pérez, presidente da CORAPE e Mag. Gissela Dávila, diretor da CIESPAL, assinarão uma carta de intenção para a criação do Primeiro Instituto Técnico Superior de Comunicação Comunitária e Pública em resposta às necessidades de formação profissional com ênfase nesses setores.   O acesso ao 'Meeting of Community Media', a construção de uma comunicação comum é aberto a todo o público nos seguintes links:   Inscrição para o Encontro Comunitário de Mídia   Inscrição para a apresentação do livro Por uma comunicação do comum: mídia comunitária, proximidade e ação       Signis ALC/CIESPAL