Com o tema ‘Espírito da Juventude’, se realizou o festival internacional de Curta Metragem, organizado por SOCOM, membro de SIGNIS em Papua, Nova Guiné, e coordenado por Frei Ambrose Pereira, SDB CBC Social Communications e a Secretaria Jovem com o departamento para Educação e Juventude. 

 

O Arcebispo Kurian Mathew Vayalunkal, Núncio Apóstólico para Papua Nova Guiné e Ilhas Salomão, abriu o evento à luz de velas e com uma bênção. O bispo Rochus Tatamai, MSC, Bispo de Berenia, padres, religiosos, Sr. e Sra. Hidayat e Lina Hanafi, CEO da SVS Mart, e o patrocinador do evento, as sete escolas participantes do Seminário de Educação de Mídia, coordenadores de escolas de mídia, personalidades da mídia secular e outros convidados estavam entre os presentes.

 

O Instituto Tecnológico Dom Bosco, Boroko (DBTI) venceu como o melhor vídeo com ‘A Humanidade perdeu para um Mundo Digital’. O filme teve o script concluído, foi encenado, gravado e editado pelos participantes da DBTI media. Foi exibido entre as demais apresentações no Festival Internacional de Curta Metragem no Centro de Conferência Emmaus.  Cerca de 150 pessoas assistiram a projeção e sentiram-se fascinadas enquanto experimentavam a visão e o som e, o mais importante, tinham a oportunidade de refletir e compartilhar potentes mensagens de determinação, compromisso e sucesso dos nossos jovens em Papua, Nova Guiné.

 

Curtas internacionais do Reino Unido, Índia, Indonésia, Etiópia, EUA e Síria - O da Etiópia foi adquirido por Tej-prasarni, Dom Bosco Comunicações, Índia. Foram apresentados temas expressando os esforços e as esperanças dos jovens tratados com verdadeiro amor, paciência, ternura e compaixão, amor desinteressado, a missão da Igreja de proclamar o amor de Deus, falando também da violência, da generosidade, do poder das palavras, da rejeição.

 

Apreciando os talentos uns dos outros, entre cada apresentação, a audiência teve a chance de partilhar seus pensamentos sobre os filmes.  Para Frei Roger Miranda, SDB, “nossas ações têm efeitos positivos ou negativos sobre os outros”, disse ele encorajando todos a serem proativos no tratamento com as pessoas.

 

O festival também coincidiu com a conclusão do Seminário de Educação de Mídia, que começou em Março. As sete escolas participantes receberam certificados, presentes e camisetas. Isso também trouxe reconhecimento para as produções impressas, radiofônicas e mídia visual.  Além do vídeo do DBTI, Boroko Leste, o Prêmio de Melhor Rádio foi para os professores da Faculdade Sagrado Coração e para a Escola de Ensino Médio Marianville; o Prêmio de Melhor Escola foi dada à escola De La Salle e à Escola Técnica Dom Bosco, Gabutu. Por fim, o prêmio de Melhor Drama no Rádio foi para DBTI e para a escola Jubilee Catholic.  A escola internacional St. Joseph também recebeu prêmio de participação por sua presença nos seminários de educação de mídia.

 

Os animadores do Seminário de Educação de Mídia: Sra. Sheryll Extra-Isoaimo, Senhorita Cecilia Amala, Sr. Ian Zuazula, o pessoal da NBC e da Rádio Maria que animaram os participantes nas diversas sessões receberam agradecimentos especiais. Representante do Post Courier, The National, Wantok Niuspepa, PNGFM 100 and e outros outlets de mídia receberam tokens de apreciação.  “Jovens de Papua Nova Guiné têm muito talento digital”, disse o bispo Rochus Tatamai, MSC, ao parabenizar os participantes.  “Usem seu dom para espalhar o bem e mensagens positivas pela mídia”, disse. 

 

DBTI, Boroko foi aplaudido pela qualidade do áudio, muito limpo, pela brilhante projeção e artigos regulares. Frei Pereira agradeceu aos convidados e participantes, convidando-os a usar filmes inspiradores em escolas, paróquias e grupos de jovens para debater questões que são vitais para a juventude atualmente.

 

 

Signis/ Signis Brasil